segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Terminou a aventura de João Rebelo Martins no Cross Egypt Challenge


Terminou sábado, em frente às grandes pirâmides de Giza, a aventura de João Rebelo Martins no Cross Egypt Challenge.
O piloto português atravessou o Egipto durante 9 dias, perfazendo 3.000 km, numa scooter. Foram 9 dias de aventura, desafio e, claro está, de superação de objectivos.
A caravana começou na cidade de Alexandria, junto ao Mediterrâneo, rumando a sul, junto ao Mar Vermelho. À quarta etapa, os aventureiros entraram no deserto profundo, entre Marsa Alam e Aswan para, a partir daí, continuarem em direcção a Abu Simbel e à fronteira com o Sudão.
Foi também na quarta etapa, a mais dura e complicada de todas, que vários pilotos sofreram acidentes e foi necessária a intervenção médica.
Para os restantes pilotos, a aventura continuou com destino a norte, tendo o Nilo como referência. Cidades como Aswan, Luxor e Asyut ficarão na memória de todos.
João Rebelo Martins, na cerimónia de encerramento nas pirâmides de Giza, perante o Ministro do Turismo, o piloto elevou bem alto a bandeira portuguesa e as cores da Konica Minolta, Agencia Paraíso, Monte Campo e Polisport.
Sendo um rally raid em aventura, não havia classificação. O percurso foi de asfalto, pedra, terra batida e areia. Os pilotos eram divididos em quatro grupos conforme a sua rapidez e experiência. João Rebelo Martins esteve, desde a primeira secção da primeira etapa no grupo que liderava a caravana.
No final, o piloto referiu “ estou muito feliz. Propus-me a fazer 3.000 km de scooter, pelo Egipto, e consegui. Vi e vivi uma experiência única e senti, mesmo à distância, através das redes sociais, o apoio de muitas pessoas, muitos amigos. Obrigado.”
Em breve será editado o diário de bordo do piloto oliveirense, com textos e fotos inéditos.

Sem comentários:

Publicar um comentário